Supervisão Clínica

A supervisão clínica pretende ser uma resposta para os profissionais, no sentido de apoiar e suportar a sua atuação em função das necessidades sentidas na prática clínica diária. Incide, por isso, em todo o processo terapêutico (metodologias de avaliação e intervenção direta e indireta – planeamento de sessões, materiais, eficácia da intervenção, orientação a pais e outros profissionais) – através da discussão de casos.

Destinatários: Terapeutas da fala e alunos do 4º ano de Terapia da Fala

Metodologia: sessões individuais ou de grupo

Supervisor: definido em função das áreas em que se pretende a supervisão

Comunicação

Linguagem

Deglutição e Fala

Motricidade oro-facial

Fluência

Voz