Cuidai-VO(Z): Dar VOZ aos professores

i

REGIME

Módulos 1, 2, e 3 online, em sessão síncrona; módulo 4 presencial, em sala. (A reformular em função de evolução pandémica) 

}

DURAÇÃO

25 horas

DATAS

A DEFINIR

ENQUADRAMENTO

Os educadores de infância e professores constituem o grupo de profissionais da voz com maior prevalência e incidência de disfonia. Compreende-se este facto se se tiver em consideração que estes profissionais utilizam a voz de forma quase ininterrupta, manifestando altos níveis de fadiga vocal, agora agravada com a obrigatoriedade do uso de máscara no desempenho da sua atividade docente.

A presença de perturbação vocal tem um impacto direto no desempenho profissional e qualidade de vida dos docentes, uma vez que limita a utilização da voz, diminui a resistência vocal e interfere negativamente no seu bem-estar emocional e social. Se se tiver em consideração que a voz do professor é a responsável por transmitir mensagens importantes para os alunos, compreende-se o quão a sua resistência e qualidade são fundamentais para o processo de aprendizagem.

Atualmente, continua a ser após a instalação de quadros de patologia vocal e da consequente impossibilidade de trabalharem, que muitos dos profissionais se apercebem da importância da sua própria voz e dos cuidados que devem ser tomados com ela. Por este motivo, torna-se fundamental implementar propostas formativas na atenção à saúde e técnica vocal dos professores e educadores, que lhes permitam melhorar também a performance comunicativa no processo ensino-aprendizagem.

OBJETIVOS DA FORMAÇÃO

No final da formação, os formandos deverão: 

  • Descrever os conceitos de voz normal, de qualidade vocal e de profissionais da voz;
  • Adotar comportamentos adequados à manutenção de uma voz saudável, prevenindo problemas vocais;
  • Utilizar a voz de forma adequada e eficaz no seu uso profissional.
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

1. A voz

  • Conceito de voz normal;
  •  Anatomia e Fisiologia da voz: o aparelho fonador e o mecanismo de produção vocal;
  • Uso profissional da voz: conceito, epidemiologia, principais características na classe docente.

2. Saúde vocal  

  • Conceito de saúde vocal;
  • Fatores determinantes da saúde vocal: comportamentos vocais, comportamentos não vocais e fatores ambientais;
  • Programa individual de promoção da saúde vocal.

3. Perturbações da voz

  • Sinais e sintomas de patologia vocal;
  • Principais perturbações da voz na classe docente.

4. Técnica vocal

  • Autoscopia e avaliação funcional da voz;
  • Voz e postura corporal;
  • Voz e respiração;
  • Voz e fala;
  • Voz e ressonância;
  • Aquecimento e desaquecimento vocal;
  • Técnicas de projeção vocal e estratégias compensatórias de comunicação com o uso de máscara.
EQUIPA PEDAGÓGICA

Brevemente disponível

 

DESTINATÁRIOS
  • Educadores de infância;
  • Professores do ensino básico e secundário.